Notícias

Homenagem à Pedro Henrique Saraiva Leão

Mais uma folha que caiu da árvore da vida.

Faleceu em 21 de janeiro de 2022 Pedro Henrique Saraiva Leão, um ilustre cirurgião, educador, paradigma de cidadão e orgulho de toda uma geração de brasileiros. Meu querido e leal amigo de quase 60 anos de amizade sólida e profunda. Deixa sua esposa Mana, três filhos, numerosos amigos, colegas e discípulos. Pedro Henrique estimulou e participou incansavelmente do empenho e da luta da comunidade cearense e portanto, brasileira na busca de condições sociais mais justas e equânimes, bem como dos direitos individuais.

Notabilizou-se em várias áreas de organização social, notadamente no exercício profissional, no afã permanente do progresso da Coloproctologia.

Sua trajetória, marcada por conduta e postura ética exemplares e onipresentes, o conduziu a diversos cargos e responsabilidades que lhe renderam expressivas homenagens ao longo de sua vida. Dentre outros, foi presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, da Academia Cearense de Letras, da Academia Cearense de medicina e da Sociedade de Médicos Escritores. Foi um dos instituidores da Sociedade Regional Norte-Nordeste de Coloproctologia, bem como um dos fundadores do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, sediado em São Paulo, todos com eficiência e dignidade.

Recebeu o título de “Honório Saber em Medicina” pela Universidade Federal do Ceará, da qual era Professor Emérito.

Em 1984 publicou o livro: “Câncer nos Cólons e no Reto. Mesmos e Outros Aspectos”.

Muito me honrou e alegrou quando recebi um exemplar por ele mesmo enviado e verifiquei que também a mim redigiu sua dedicatória. Desde a originalidade do título, ao rigor da linguagem, Pedro Henrique consigna no livro sua marca de amor e respeito ao doente, à clareza do seu raciocínio, a fidelidade de seus pensamentos e ao rigor do vernáculo.

Foi sempre um lutador pela manutenção da beleza própria da língua portuguesa.

Além de sua profícua contribuição científica e literária, Pedro Henrique criou em 1979 o primeiro clube de ostomizados do Brasil o que motivou a criação de diversos outros em todo o país.

Sua ausência traz a mim uma grande tristeza e seguramente uma enorme lacuna em nossa comunidade.

Angelita Habr-Gama
Professora Titular Emérita da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia

Congresso SBCP 2022

Notícias