Notícias

Nota Oficial de Repúdio

A Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) repudia a forma desrespeitosa com que o deputado federal Paulo Teixeira (PT) se referiu à especialidade de proctologia em sessão da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania realizada na Câmara dos Deputados no último dia 2 de julho.

A coloproctologia é uma especialidade cirúrgica responsável pelo diagnóstico e tratamento clínico e cirúrgico das afecções benignas e malignas do intestino delgado, dos cólons, ânus e disfunções do assoalho pélvico. O médico que se dedica a exercer essa especialidade, conhecido como proctologista, coloproctologista ou cirurgião colorretal, necessita realizar formação em cirurgia geral seguida de formação ampla e detalhada da especialidade, adquirindo conhecimentos fundamentais e se tornando apto para exercer suas atividades médico-cirúrgicas como especialista competente e humanizado.

Essa especialidade é representada nacionalmente pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia, formada por 2.300 especialistas associados que participam ativamente de suas atividades profissionais e científicas.

Utilizar o nome da especialidade e do especialista como insulto, de forma pejorativa, pode caracterizar falta de informação e/ou preconceito.

Não se justifica essa falta de informação. Sentimo-nos ofendidos e com a necessidade de cumprir o nosso papel de médicos especialistas, informando à população qual a função da especialidade e quais doenças são tratadas e especialmente prevenidas.

O câncer colorretal é segundo tumor mais incidente em mulheres e terceiro entre homens (Inca/2018). Devido a essa elevada incidência, temos o dever de realizar campanhas de prevenção de câncer colorretal e oportunizar à população participar ativamente dessas ações. Portanto essa deveria ser a forma que a especialidade e o especialista poderiam ser mencionados, como parceiros da Câmara dos Deputados para a realização de campanhas nacionais de prevenção de câncer colorretal.

Dra. Sthela Murad Regadas
Presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia

Destaques