Notícias

Novo grupo de residentes participa do II Curso de Videocirurgia Colorretal e PPH09/11/2015

Curso realizado pela SBCP em parceria com a Johnson & Johnson tem como objetivo capacitar futuros coloproctologistas


 

De 29 a 31 de outubro a Sociedade Brasileira de Coloproctologia, em parceria com a Johnson & Johnson, ministrou em São Paulo o II Curso de Videocirurgia Colorretal e PPH. Participaram 25 residentes de Coloproctologia de todo o Brasil (apenas os R4). Nos dias 8, 9 e 10 de outubro, outros 25 residentes já haviam participado do mesmo curso.

Assim como na primeira turma, foram monitores do II curso os doutores: Alexandre Bertoncini, Carlos Augusto Real Martinez, Dyego Benvenuto, Ronaldo Salles, João de Aguiar Pupo Neto e Luis Cláudio Pandini.

Para o presidente da SBCP, Dr. Fábio Guilherme Campos, essa foi uma iniciativa de ensino pioneira da SBCP. “Os 50 médicos provenientes de serviços de residência médica cadastrados junto à SBCP, vindos de diversas regiões do Brasil, desfrutaram de três dias de intensa atividade didática e prática. A dedicação dos monitores do curso, aliada à grandiosa infraestrutura da J&J Medical Innovation Institute, proporcionaram uma grande oportunidade de aprendizado e treinamento nessa fase importante da formação dos médicos. O grande sucesso nos incentiva a organizar mais cursos como este nos próximos anos", destaca.

 

Residentes

Na opinião de Lilian Vital Pinheiro, residente do Hospital de Clínicas da Unicamp (Campinas, SP), essa foi uma iniciativa pioneira e espetacular da SBCP. “Não vemos rotineiramente outras especialidades promoverem esse tipo de capacitação. Aproveitei bastante, pois essa é uma área muito importante na nossa especialidade, é um diferencial do especialista. As cirurgias videolaparoscópicas são as mais procuradas e proporcionam uma recuperação mais rápida aos pacientes. Parabenizo a Sociedade, pois o curso foi extremamente importante para a minha formação”, ressalta.

Residente do Hospital Universitário São Francisco (Bragança Paulista, SP), Danilo Toshio Kanno avaliou o curso como excelente. “Foi uma oportunidade única para muitos residentes que não têm acesso a diversos materiais devido ao elevado custo e indisponibilidade no SUS. Ótimos espaços de treinamento prático e hands on. Torcemos para que se torne algo regular para todos os residentes que virão”, afirma.

Segundo Carla Camila Rocha Bezerra, residente do Hospital Universitário Walter Cantídeo (Universidade Federal do Ceará), o curso possibilitou a todos os participantes aprofundamento e consolidação de forma teórica e prática dos conhecimentos da cirurgia colorretal avançada. “Além disso, nos mostrou a importância de uma Sociedade coesa e organizada, que se preocupa em formar e também agregar os futuros cirurgiões colorretais”, destaca.

Já para Thalles Valente Lisboa, residente do Hospital Felício Rocho (Belo Horizonte, MG), o curso foi muito bom para os futuros coloproctologistas. “Pudemos conhecer mais as tecnologias e, dessa forma, aprimorar mais o conhecimento médico”, diz.

Walter Rodrigo Miyamoto, residente da Santa Casa de São Paulo, também destaca a iniciativa da SBCP. “Fomos privilegiados por tão grata e pioneira iniciativa. Agradeço e parabenizo a Sociedade pela qualidade do curso e por possibilitar interação de todos os residentes do Brasil e instrutores, num clima muito agradável com muitos bons momentos. Que se repita mais vezes!”, conclui.



 

FC e aluna
FC e alunos
FC e Ronaldo
Foto oficial
preceptores
 

 



Mais notícias

Voltar
Scroll to top