Destaques do JCOL

Prognosis in colorectal cancer beyond TNM

Artigo publicado no J. Coloproctol. (Rio J.) vol.40 no.4 Rio de Janeiro Oct./Dec. 2020  Epub Dec 07, 2020

Ana Lídia Ferreira Neves, Laura Elisabete Ribeiro Barbosa, João Paulo Meireles de Araújo Teixeira


Introdução

O carcinoma colorretal é uma das neoplasias com maior impacto social. Dada a grande heterogeneidade molecular e diversidade de mecanismos fisiopatológicos, torna-se difícil definir fatores de prognóstico que orientem a terapêutica.

Objetivos

Identificar os fatores de prognóstico moleculares que poderão vir a ter interesse na prática clínica e fazer uma síntese da evidência existente.

Material e métodos

A pesquisa dos artigos foi realizada recorrendo à plataforma PubMed e utilizou-se as palavras-chave “sporadic colorectal cancer and prognosis”, para artigos publicados entre 2014 e 2019. Foram selecionados todos os artigos publicados sobre estudos em humanos e escritos em inglês ou em português. Dos 215 artigos encontrados, foram selecionados 35 artigos para realizar esta revisão.

Resultados

A evidência atual apoia a utilização de quatro marcadores moleculares na prática clínica – KRAS, NRAS e BRAF (via de sinalização do EGFR) e o estado mismatch repair.

Conclusão

A utilização na prática clínica de biomarcadores moleculares para definir o prognóstico é ainda pouco apoiada pela evidência disponível. Os estudos são algo contraditórios, pelo que novos projetos e colaborações internacionais devem ser realizados neste âmbito para se obter evidência mais robusta.

Tags

Congresso SBCP 2022

Acesse o JCOL